Conferências sobre Ferreira de Castro

Título: Da Proibição à Ressurreição do Teatro na Idade Média
Data da conferência: 22 de janeiro
Local: Auditório da Escola Secundária de Cacilhas
Hora: 17h00 às 19h00

 


ferrcastroConferências sobre Ferreira de Castro por Miguel Real, escritor e ensaísta e Ricardo Alves, director do Museu Ferreira de Castro, promovidas pela USALMA e contribuindo para a promoção de Almada enquanto cidade Cidade Educadora. Integram-se no projeto Viagens pela Literatura e na homenagem ao escritor Ferreira de Castro no quadragésimo aniversário da sua morte.
Uma ocasião para revisitar algumas das grandes obras do escritor.


Sessão aberta a toda a comunidade.

 

 

O caso galego no mundo da língua portuguesa: perspetivas para a análise e o debate

Título: O caso galego no mundo da língua portuguesa: perspetivas para a análise e o debate
Data da conferência: 21 de fevereiro, dia da Língua Materna
Local: Auditório da Escola Secundária Cacilhas-Tejo
Hora: 16h30

 


galegoA USALMA assinala o dia da Língua Materna, a 21 de fevereiro, com uma conferência intitulada «O caso galego no mundo da língua portuguesa: Perspetivas para a análise e o debate». Testemunhando, de alguma forma, a luta de uma língua materna minoritária no espaço em que se insere, o objetivo da conferência é explicar os elementos básicos para conhecer o caso galego e a sua relação com o mundo da língua portuguesa. Levando em conta perspetivas desenvolvidas por estudos filológicos, históricos e sociolinguísticos, são analisados os discursos que hoje existem relativamente à questão, tanto aqueles que defendem a unidade linguística entre galego e português quanto os que são partidários da conceção do galego como língua autónoma (com base em determinadas especificidades fonéticas, léxicas e morfossintáticas). A referência aos debates sobre as estratégias para o galego inverter a sua progressiva perda de falantes (em favor do castelhano), bem como aos debates sobre a codificação ortográfica da língua completam o leque de assuntos que, sinteticamente, são abordados na intervenção, a cargo do professor Isaac Lourido.
Isaac Lourido

 

Breve biografia do orador:


Isaac Lourido formou-se em Filologia Hispânica e Filologia Galega na Universidade de Santiago de Compostela. É doutor em Teoria da literatura e Literatura comparada pela mesma universidade, onde trabalhou como investigador e docente. Foi pesquisador em formação no Centro Ramón Piñeiro para a Investigación en Humanidades e trabalhou nos serviços de publicações do Consello da Cultura Galega e do Parlamento de Galicia. Desde outubro de 2013 é leitor do Centro de Estudos Galegos da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (Universidade Nova de Lisboa), onde realiza trabalhos de docência, pesquisa e divulgação cultural.

Data da conferência: 21 de fevereiro
Local: Auditório da Escola Secundária Cacilhas-Tejo
Hora: 16h30

Conferência: A Península Ibérica, Encruzilhada de Culturas

Data: 10 de fevereiro
Hora: 15h00
Local: Auditório da Escola Secundária de Cacilhas


iberiaA Península Ibérica tem sido desde sempre ponto de chegada de migrações humanas, que vão deixando marcas da sua passagem, refletidas na nossa cultura.
O objetivo da conferência "A Península Ibérica, Encruzilhada de Culturas" é recordar algumas dessas marcas, presentes na cultura portuguesa.
Dar-se-á especial relevo à presença árabo-berbere e hebraica através de breve olhar pela Poesia do Alandalus (ou Al-Andalus).
A oradora, professora Fátima Domingues, leciona na USALMA a disciplina de Temas de Literatura na Universidade Sénior de Almada. É licenciada em Filologia Românica, tendo exercido funções letivas ao longo da sua vida. Interessada pelos problemas sociais, aderiu a projetos inovadores de intervenção social junto de jovens em risco, num tempo em que era, ainda difícil, a promoção deste tipo de programas.

Viveu algum tempo na África do Sul, onde ensinou Português e Cultura Portuguesa.

Espírito inquieto, tem reforçado a sua formação de forma autónoma em diversas áreas, passando pela sociologia, pela literatura, pela história das religiões. Nos últimos tempos tem-se dedicado sobretudo ao estudo da Literatura Medieval Árabe e Persa e seu legado na Literatura Europeia. No âmbito da Literatura Peninsular, tem investigado a Literatura e Cultura do Al-Andalus (Árabe e Hebraica) e seu legado nas Literaturas Peninsulares e Europeias.

Escritora, sob o pseudónimo Myriam Jubilot de Carvalho, tem dado à estampa as obras Cinco X Cinco – 25 Poemas (Sol XXI, 1992; esgotado) e No Fim Era a Poesia (Vega, 2007).

Contamos com mais de 100 professores

a lecionar em 120 turmas para 1000 alunos.

Venha conhecer-nos

Oferecemos um Vasto Leque de Disciplinas

Ciências

Artes

Línguas

Teatro

Música

Pintura

Escultura

Dança

Encontre-nos na rede

A nossa equipa está sempre disponível
para qualquer questão técnica, sugestões ou comentários.