Visita ao Museu da Farmácia

 

No passado dia 24 de janeiro de 2014, realizou-se uma visita de estudo ao Museu da Farmácia, tendo nela participado cerca de 20 pessoas, entre alunos e professores da USALMA, grupo que foi guiado pela Dra. Paula Basso, conservadora deste museu, que se situa em Lisboa junto ao miradouro de Sta. Catarina e num palacete arquitetonicamente bem recuperado, onde também está sediada a Associação Nacional de Farmácias (ANF).

A exposição sobre a História da Farmácia no mundo ao longo de 5000 anos situa-se no primeiro piso, e mostra a evolução dos instrumentos e utensílios utilizados no fabrico e/ou manuseamento dos medicamentos e seus precursores ao longo do tempo. Descobrimos que a Farmácia esteve associada a práticas religiosas na pré-história onde os feiticeiros tinham conhecimento de ervas medicinais, que no Egito já se perfumavam e maquilhavam como forma de prevenção, e que na Grécia se pensava que as doenças eram relacionadas com o desequilíbrio dos “humores”. Vimos estojos de medicamentos utilizados nas grandes explorações da Idade Moderna e nas Grandes Guerras, uma amostra de penicilina assinada pelo cientista A. Fleming que a descobriu, e um estojo de ferramentas cirúrgicas do Tibete.

No piso térreo, dedicado à farmácia portuguesa, estão expostas antigas farmácias, desde uma de Macau, onde tradutores faziam a ponte entre os clientes portugueses e os farmacêuticos chineses, à farmácia Paços de Sousa, onde a área de atendimento coexistia com a área de fabricação dos medicamentos, que aliás era prática comum. Ao longo deste espaço expositivo tivemos a oportunidade de observar antigos cartazes publicitários ligados a campanhas medicamentosas e de vacinação bem como pagelas religiosas patrocinadas por farmacêuticas. Além de fotos alusivas a farmácias antigas e farmacêuticos e farmacêuticas que complementam o panorama visual, ficámos ainda a saber mais sobre a “água de Inglaterra”, que de água não tem nada, segundo relato do Dr. Miguel Chagas que contribuiu com histórias profissionais enquanto farmacêutico.

Outro fato interessante foi saber do reconhecimento internacional do museu, que foi confirmado com a oferta de um estojo, de medicamentos utilizados pelos astronautas da NASA em missões espaciais, na sequência de uma visita do então presidente dos Estados Unidos da América, Bill Clinton, a Portugal.

Recomendamos vivamente que a USALMA continue a organizar visitas a este museu.

 

Alunos António Gomes, Isilda Lopes e Laura Gomes, e professor João Leandro

 

 

Contamos com mais de 100 professores

a lecionar em 120 turmas para 1000 alunos.

Venha conhecer-nos

Oferecemos um Vasto Leque de Disciplinas

Ciências

Artes

Línguas

Teatro

Música

Pintura

Escultura

Dança

Encontre-nos na rede

A nossa equipa está sempre disponível
para qualquer questão técnica, sugestões ou comentários.