Visita ao Museu do Dinheiro

No âmbito da disciplina Economia e Políticas Económicas, regida pelo Prof. Francisco Mafra, realizou-se no dia 5 de Fevereiro uma visita guiada ao Museu do Dinheiro do Banco de Portugal, em Lisboa, e ainda à antiga igreja de S. Julião, recentemente restaurada e que dentro de alguns meses será a sua nova sede. Participaram na visita 36 pessoas, entre as quais alunos e professores de outras disciplinas da USALMA.

Alguns membros do grupo almoçaram no Martinho da Arcada e visitaram ainda, na parte datarde, sítiosinteressantes da baixa lisboeta, designadamente o miradouro do Arco da Rua Augusta e o museu Lisboa Story Centre (Memórias da Cidade) localizado no Terreiro do Paço.

O Museu do Banco de Portugal é, na realidade, um museu do dinheiro do ocidente peninsular que ilustra a trajectória dos meios de pagamento utilizados pelos povos que por aqui passaram. Procura reflectir, através do dinheiro, nas suas diferentes formas, a evolução histórica, socioeconómica e também artística, que caracterizaram a sociedade portuguesa e os povos que antes da fundação da nacionalidade habitaram este território que é hoje Portugal. Abrange um período que vai da pré-História até ao Euro, exposto de forma interessante ao longo de 14 núcleos ilustrativos

A antiga igreja de S. Julião foi adquirida em 1930 e recentemente restaurada pelo Banco de Portugal para, a partir de Outubro deste ano, passar a ser a nova sede do Museu do Dinheiro. Alberga no seu espaço vestígios de ocupações anteriores, designadamente um troço da muralha de D. Dinis. Escavaçõesrecentes terão mostrado que era exactamente naquele local que se situava a Patriarcal, totalmente destruída pelo terramoto de 1755.

O Arco da Rua Augusta remata a última fase da reconstrução pombalina após o terramoto de 1755 e, recentemente, foi dotado de um elevador que permite subir ao seu topo, donde se disfruta uma vista soberba sobre a baixa lisboeta

No Lisboa Story Centre, instalado na ala nascente do Terreiro do Paço, pode assistir-se ao longo de cerca de 60 minutos a uma ilustração multimédia da história da cidade de Lisboa, desde o mítico Ulisses até aos nossos dias, passando pelo grande reformador que foi o Marquês de Pombal

O café Martinho da Arcada, aberto em 1782, é o mais antigo café de Lisboa. Situado em pleno Terreiro do Paço foi, no passado, cenário de tertúlias célebres por onde passaram figuras ilustres da vida portuguesa, tais como Bocage, Cesário Verde, Amadeu Sousa Cardoso, Mário Sá Carneiro, Almada Negreiros e Fernando Pessoa.

No final da visita era visível a satisfação dos participantes, tendo sido manifestada a vontade de ali voltar quando o museu estiver na sua nova sede.

Contamos com mais de 100 professores

a lecionar em 120 turmas para 1000 alunos.

Venha conhecer-nos

Oferecemos um Vasto Leque de Disciplinas

Ciências

Artes

Línguas

Teatro

Música

Pintura

Escultura

Dança

Encontre-nos na rede

A nossa equipa está sempre disponível
para qualquer questão técnica, sugestões ou comentários.